Links externos

Artigos acadêmicos

  • Gomes, Robert Moura Sena (2022) Por uma linguística (mais) popular: a construção do gênero neutro como dissidência linguística

    Com a efervescência dos movimentos sociais, a compreensão de que a língua é também lugar onde as identidades de uma coletividade se ancora fez com que ela se tornasse também objeto de luta. Conforme o advento e intensificação do uso da internet, e marcadamente das redes sociais online, novas formas de organização dos grupos socialmente minorizados (comunidades indígenas, mulheres, negres, LGBTQIAPN+ e pessoas com deficiência, por exemplo) tornaram-se mais evidentes. Em relação ao uso do gênero neutro como forma de reconhecimento e representação da comunidade LGBTQIAPN+ nos espaços sociais, dentre eles a própria língua, este pode ser interpretado como dissidência linguística - conceito proposto nessa dissertação - como possibilidade de subversão, nesse caso, do sistema linguístico.

Redes sociais

Versões em outros idiomas

Projetos irmãos

Compartilhar: